Persistência: a vontade de Deus

O título desse post pra mim é bastante forte, e para nós que somos humanos, difícil também. Persistir é difícil, e confesso que já tive muita dificuldade em fazer isso. Eu queria algo, não dava certo no princípio e pronto… Já era motivo para desistir.

Mas enquanto estamos desistindo das coisas mundanas beleza né? O problema é quando nós, ao invés de persistirmos na vontade de Deus que é sempre boa, perfeita e agradável, (Romanos 12:2), nós resistimos.

Quando nós resistimos, o que acontece?

  • Deixamos de receber bênçãos sem medidas do Senhor;
  • Deixamos de abençoar pessoas, porque é através de nossas vidas que o Senhor que alcançar a vida de tantas outras;
  • Nos tornarmos fracos na fé, porque acabamos resistindo à tudo e desacreditando no que Deus pode fazer;
  • O diabo entra em ação e tira a nossa paz.

É claro que não é só isso que perdemos, porque se formos numerar tuuuuuudo o que deixamos de ganhar, o post vai ficar longo demais. Mas quero que vocês saibam, que desobedecer ao Senhor não é nada legal! Independente da dificuldade, das circunstâncias, se for da vontade do Senhor, Ele suprirá TODAS as nossas necessidades. Eu não disse, algumas, eu disse TODAS.

Mas para isso precisamos perseverar. Naquela cruz, a qual o nosso Salvador morreu por nós, teve seu sangue vertido e seu corpo moído, Ele teve váriasssss oportunidades de ter resistido. Ele podia ter pensado (como muitas pessoas por ai pensam) “ah magina, eu, morrer por um bando de pecadores que não tem o mínimo de temor por mim? Eu não vou me sacrificar não”. Poisé, mas não foi isso que Ele fez! Ele morreu naquela cruz, a morte mais sofrida e mais dolorida, para que pecadores como nós pudéssemos ter vida, e vida com abundância. Ele PERSISTIU.

Persista no seu chamado. Se Deus te deu o dom de pregar, de pastorear, coloque nas mãos d’Ele e lute junto. Se Ele te deu o dom da voz, ore e NÃO desista que Ele te capacita todos os dias. Se Ele te deu o dom de tocar um instrumento, faça com que suas mãos o adorem através desse instrumento. Se Ele te deu o dom de dançar, entregue seus movimentos em louvor a Ele.

E você que diz: “Ah eu não tenho dom nenhum, acho que meu dever é ir na igreja, assistir o culto, e pronto, está ótimo já”, saibas que estás redondamente enganado! Você tem a oportunidade de ir no culto? Amém! Mas seja inteligente o bastante, busque em oração para saber qual o seu chamado, e não bobeie! Deus não quer que nós pregamos seu Evangelho somente dentro de um local confortável e perto de pessoas limpinhas e cheirosas! Ele quer que cantamos, tocamos, pregamos, evangelizamos em todo o lugar! IDE! Ide pregar o evangelho a toda criatura!

Tem pessoas sedentas por Jesus, e nós que somos nascidos de novo, temos que ajudá-las. Sabe aquele seu vizinho? Que a família está totalmente desestruturada? Fale para ele de Jesus. Aquele mendigo que você passa todos os dias? Fale para ele de Jesus. O seu amigo de escola ou faculdade, que está viciado nas drogas e na bebida? Fale para ele de Jesus.

Você vai ver que você tem um chamado sim: O Evangelho anunciar! Anuncie Jesus por todo canto, por onde andares. E não esqueça: NUNCA, JAMAIS desista. Jesus não desistiu de você, Ele persistiu!

Persista na fé, persista na esperança, persista em seus dons, persista nas pessoas! Nunca desista de vidas, saiba que conquistar almas pra Jesus vale muito mais que ouro.

Já pensou se Jesus tivesse desistido de você? Então!!! Persista nas pessoas! Persista orando também, porque a oração de um justo pode muito em seus efeitos. Porque a pessoa pode se negar a te ouvir, mas negar a sua oração? Ah, isso ninguém pode!!

 

Na graça e no amor de Jesus.

Karen Denoni Ghedin

karenghedin@hotmail.com