A Igreja Dividida

Há um tempo, Deus me deu essa palavra, me mostrando como está cada vez mais frequente dentro das igrejas, encontrar uma divisão de pessoas, de propósitos, de alvos e focos. Hoje consegui organizar meus pensamentos e passar tudo para o blog. Espero que vocês sejam abençoados e confrontados (como fui). O post é um pouco diferente, não é mamão com açúcar, é meio faca na caveira (acho que nunca postei assim rs), mas as vezes é necessário menos mão na cabeça e mais puxão de orelha…

Para iniciarmos a palavra, quero dar uma breve introdução sobre o profeta Neemias. Ele era um hebreu na Pérsia quando escutou que o Templo de Jerusalém estava sendo reconstruído. Ele ficou triste por saber que não havia nenhum muro para proteger a cidade, e porque as pessoas iriam perecer naquele local. Neemias pediu a Deus que o usasse para salvar a cidade. Deus respondeu a sua oração ao atenuar o coração do rei persa Artaxerxes, que não só deu a sua benção, mas também materiais para serem usados no projeto. Neemias recebeu a permissão do rei para regressar a Jerusalém.

  • No capítulo 2 de Neemias, Neemias se entristeceu com a tristeza de seus irmãos, porque Jerusalém estava sendo consumida. Ele não estava na cidade, sofrendo na pele como as pessoas que lá moravam, mas ele estava se sentindo triste, porque seus irmãos estavam tristes.
    Temos que ser assim, ficar triste com a tristeza dos outros. Muita gente quando vê o irmão triste porque perdeu algo/alguém, terminou o relacionamento, perdeu o emprego, fica feliz. Ela pode não expressar com sua boca, mas seu coração está satisfeito com sentimento de que “Fulana perdeu isso porque tava em pecado, fornicou. Fulano perdeu aquilo, porque bebia e fumava”. Está errado! A Palavra nos orienta a não julgar (pois nem o Senhor que é soberano julga). Devemos AMAR nossos irmãos, nos alegrar com as conquistas deles, e nos entristecer com suas faltas.
  • Em Neemias 3, todos trabalhavam juntos para edificar o muro. Trabalhavam os homens de Jericó, os tecoítas e tantos outros.
    A obra de Deus nunca é feita individualmente, temos que trabalhar unidos para que ela possa ser realizada. Ninguém faz nada sozinho. As vezes tem alguém do evangelismo precisando de ajuda, mas o cara do louvor não se dispõe pois “o dever dele é cantar/tocar”. O pessoal que limpa a igreja precisa de mais gente ajudando, mas o líder de ministério não ajuda, porque ele é “líder”.
    Os ministérios são diferentes, mas a graça que atua sobre eles é a mesma. Não existe ministério melhor que o outro. Ninguém é perfeito. O único que foi perfeito foi Jesus, e mesmo assim se fez pobre e pecador em função de nós.
    AJUDE quem está precisando! AJUDE o líder, o ministro, a tia da escolinha. Mas também ajude aqueles que estão fora da igreja, sabe? O mendigo que precisa de uma camisa de frio, uma criança que necessita de carinho no orfanato, acalmar aquele está triste, oprimido e depressivo. AJUDAR sem medir esforços, sem procurar recompensas.

A igreja de Cristo, que somos nós, precisa ter UM foco: Jesus! E levar o nome d’Ele a toda criatura. Devemos começar a levar seu amor, quando entra uma pessoa na igreja, que tem má fama na internet, abraçá-la, trazer ela pra junto da galera, fazer ela se sentir amada pelo Corpo de Cristo. Mas está acontecendo o contrário, em vez de levarmos amor, o primeiro pensamento que vem na cabeça de muitos é: “Magina, essa menina veio aqui pra postar foto no facebook se mostrando santa, fazendo uma média pras pessoas esquecerem as suas mancadas”. Ok, se esse for o coração dela, o NOSSO dever é orar pela vida dessa pessoa, pedindo a Deus que ela tenha um coração quebrantado e venha se achegar ao Senhor. Ai você me diz: “Mas Karen, ela pecou, ela fez coisas gravíssimasssss na internet”… Te convido a ler João 8. 

“E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando. E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra. E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela. E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio. E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.” (João 8:3-11)

Jesus sabendo o pecado da mulher, não a condenou. POR QUE NÓS INSISTIMOS TANTO EM CONDENAR AS PESSOAS?
Jesus está interessado na nossa redenção, por isso Ele apaga nossos pecados, tudo se faz novo, e as misericórdias d’Ele se renovam.
Sabe a pessoa que entrou na igreja, cheia de pecado e falhas? Você já parou para pensar que a IGREJA pode ser a última porta que ela está batendo? Você quer ser responsável pela maldição ou pela salvação dela?

  • “Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.” (1 Coríntios 12:12-14)
    Nós somos a Igreja. A Igreja é um membro, portanto cada um de nós somos um membro. Se nós somos um membro, temos que andar na mesma direção, para que os membros não se desmembrem (entenderam né?? rs). Todos esses membros tem que andar em uma única direção: Cristo. Jesus é amor, logo temos que andar na direção de amar as pessoas, independente de erros, falas e diferenças.

Não podemos ter o espírito de Jezabel, espírito esse que divide a igreja. Excluir as pessoas não agrada ao Senhor. Julgar as pessoas não agrada ao Senhor. Panelinhas dentro da igreja não agradam ao Senhor. Rixas entre religiões não agradam ao Senhor. Competição entre grupos de jovens distintos não agradam ao Senhor.
Passar por um irmão e virar a cara não agrada ao Senhor. Jesus mesmo depois de traído, beijou Judas, por que então NÓS viramos a cara para aqueles que um dia já nos decepcionaram? NÃO TEMOS! Isso não agrada ao Senhor. Isso não é ser Igreja!

PRECISAMOS SER IGREJA, EM ESPÍRITO E EM VERDADE, não somente em nome.

Paz.
Instagram: @karenghedin
Twitter: @karenghedin

 

Anúncios

Eles escolheram esperar! 4 garotos contam por que tomaram essa decisão

Por Isabella Otto, em 09/07/2014 às 10:17

Você pode chamá-los de últimos românticos, pois, para esses meninos, o amor verdadeiro existe, sim!

A Seleção Brasileira não ganhou a Copa, mas teve um jogador que conquistou o coração de toda a torcida, principalmente a parte feminina dela. O nome do cara? David Luiz (pausa para os suspiros). Se é o futebol maravilhoso que o craque joga, os cachinhos dourados ou o jeito brincalhão de ser, ninguém sabe. Talvez, seja tudo isso! O fato é que não param de surgir declarações de amor para o jogador nas redes sociais – e fora delas também!
 
Tudo isso faz a gente se recordar de quando toda essa loucura aconteceu com outro jogador, o Kaká. E sabia que ele e o David têm mais uma coisa em comum? Ambos acreditam que sexo, só depois do casamento. David Luiz, inclusive, faz parte da causa “Eu Escolhi Esperar”, que conta com a participação de jovens das mais diferentes idades. Por causa disso, algumas fãs do jogador até criaram, de brinks, a campanha “David, eu escolhi esperar por você”.
 
Assim como ele, esses quatro garotos abaixo decidiram esperar, tanto a pessoa certa quanto o casamento. Quer entender o motivo? Então, olha só!
 
“Ao longo do tempo, os relacionamentos se tornaram banais. Foram perdendo o valor. Tudo passou a girar em torno do sexo. Depois de algumas decepções, percebi que o melhor era esperar pela pessoa certa, pela mulher que realmente poderia me fazer feliz. Sem pressa. Nada que vem para ficar é fácil. Decidi esperar, pois aquele que espera sempre tem o melhor. Eu realmente acho que a mulher que Deus me mandar merece o melhor de mim. “
 
“Conheci a causa em 2011, mas antes de ela ser lançada, eu já tinha esse pensamento de esperar a pessoa certa chegar. No meio do caminho, acabei conhecendo outras pessoas que pensavam da mesma forma que eu e isso foi muito bom! Tomei essa decisão porque via amigos meus saindo, pegando geral e depois se machucando com isso. Esperar foi uma maneira que encontrei de não me dar mal com relacionamentos passageiros. Por enquanto, eu só tive um relacionamento sério e fiquei feliz que a pessoa tenha entendido meu modo de pensar e agir. Às vezes, me perguntam se eu, por estar nessa fase adolescência, não sinto falta de transar e tal. Essa é uma vontade e uma curiosidade que eu acho que todo mundo tem nessa idade, mas eu penso assim: isso tudo vai valer a pena lá na frente, quando acontecer com uma pessoa de quem eu realmente gosto’.”
 
“Depois de ter dois relacionamentos muito conturbados, eu resolvi começar a sair para curtir a vida e ficar com todas. Conclusão: não consegui ficar com nenhuma menina mais de uma vez. Esse negócio de pegar só por pegar não acrescenta em nada na minha vida. Ao invés de eu ficar melhor fazendo isso, eu ficava pior. Então, entendi que não precisava de pressa para conhecer a mulher dos meus sonhos. Um dia, ela apareceria normalmente, como obra de Deus. Eu passei pelo lado obscuro da pegação, até por já ser mais velho, mas não consegui continuar com isso. Hoje eu falo muito ‘não’ e continuo esperando aquela garota que realmente mexa comigo. Quero ter uma família, ser um marido fiel e ser tipo o Michael Kyle, do antigo seriado ‘Eu, a patroa e as crianças’, sabe?” 
 
“Apoiar a causa é não se vender por prazeres para qualquer pessoa. Esperar sempre fez parte dos meus princípios, por mais que tenha conhecido o movimento no final de 2011, quando a página do ‘Eu Escolhi Esperar’ bombou nas redes sociais. Nunca tive pressa para namorar. Pelo contrário! Sempre busquei agir no tempo certo para não errar e me arrepender depois. Na escola, principalmente, sempre rola uma zoeira por eu não sair ficando com várias meninas. Mas rola muito respeito também. Nunca escondi de ninguém meu modo de pensar e sempre fui muito feliz com a minha escolha! Você tem que ser firme na sua decisão, porque no mundo em que vivemos hoje, é fácil de desviar no caminho. Mas esse sou eu. Quero esperar a mulher certa, me casar e ter filhos apenas com ela.”
 
Fonte: http://capricho.abril.com.br/vida-real/escolheram-esperar-garotos-contam-por-que-essa-decisao-790459.shtml

Para homens!

Há algumas semanas eu fiquei sabendo, e fiquei extremamente feliz, por saber que existem meninos que leem meu blog. Claro que aqui não tem distinção nem acepção de pessoas, mas achei interessante como os varões valorosos entram em blog que é escrito por mulher, para serem abençoados! É isso ai homens/meninos, que aqui vocês possam aprender sobre a maneira que nós pensamos e ganhar o coração de uma mulher virtuosa.
Por isso o post hoje vai para vocês, homens e meninos! Que o texto abaixo de J.Lee Grady te ajude a perceber a mulher que você não deve ter! E nós, mulheres, porrrrr favor, que não tenhamos as características citadas abaixo!
Sejam todos abençoados!!

“Muitos homens e mulheres solteiros estão procurando seriamente por indicações para encontrarem um bom companheiro.
Uma das respostas que obtive foram inúmeros pedidos de indicações semelhantes para os homens que estão procurando uma esposa. Como estou aconselhando vários solteiros atualmente e tenho visto alguns deles se casarem nos últimos anos, não foi difícil esboçar essa lista. Aqui estão algumas mulheres que eu digo a meus filhos espirituais evitarem: respostas que obtive foram inúmeros pedidos de indicações semelhantes para os homens que estão procurando uma esposa. Como estou aconselhando vários rapazes atualmente e tenho visto alguns deles se casarem nos últimos anos, não foi difícil esboçar essa lista. Aqui estão algumas mulheres que eu digo a meus filhos espirituais evitarem:

1. A incrédula. No último artigo, eu lembrei as mulheres de que a Bíblia é absolutamente clara nesse ponto: Cristãos não devem se casar com incrédulos. 2 Coríntios 6.14 diz: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?”. Fora a decisão de seguir a Cristo, o casamento é a decisão mais importante que você tomará. Não estrague tudo por ignorar o que é óbvio. Você precisa de uma esposa que ame Jesus mais do que te ama. Coloque maturidade espiritual no topo de sua lista de qualidades que deseja em uma esposa.

2. A mimadinha. Um amigo meu estava namorando uma garota de uma família muito rica. Ele economizou algum dinheiro por meses para comprar um anel, mas quando a pediu em casamento, ela disse que ele precisava voltar à joalheria e comprar um diamante maior. Ela forçou seu noivo a se endividar por conta de um anel que alcançasse suas expectativas. Ela desejava um estilo de vida Tiffany com um orçamento de C&A. Eu alertei meu amigo de que eles estava caminhando rumo a problemas muito sérios. A não ser que você queira viver endividado pelo resto de sua vida, não se case com uma garota que tenha cifrões em seus olhos e oito cartões de crédito em sua bolsa da Gucci.

3. A diva. Alguns rapazes machões gostam de se achar e agirem como se fossem superiores às mulheres. Divas são a versão feminina desse pesadelo. Elas pensam que o mundo gira ao seu redor e não pensam duas vezes antes de machucar alguém para provarem seu argumento. Suas palavras são duras e seus estalos nos dedos para exigirem todo tipo de coisas são irracionais. Algumas dessas mulheres podem acabar assumindo posições de liderança na igreja, mas não se engane com seu papo de supercrente. Verdadeiros líderes são humildes. Se você não enxerga humildade piedosa na mulher que está namorando, se afaste e continue buscando.

4. A Dalila. Lembra-se de Sansão? Ele foi ungido por Deus com força sobre-humana, mas perdeu seus poderes quando uma mulher sedutora descobriu seu segredo e deu a seu homem o corte de cabelo mais famoso da história. Como Dalila, uma mulher que não submete sua sexualidade a Deus irá cegá-lo com seu charme, partir seu coração e te tirar do rumo. Se a mulher “cristã” que você conheceu na igreja se veste de forma provocativa, flerta com outros rapazes, posta comentários sexualmente inapropriados no Facebook ou te diz que não vê problemas no sexo antes do casamento, saia desse relacionamento antes que você caia em sua armadilha.

5. A mulher rixosa. Um jovem rapaz me disse recentemente que namorava uma garota que tinha sérios problemas de ressentimento em seu coração por conta de feridas passadas. “Antes de pedi-la em casamento, disse a minha noiva que ela precisava lidar com isso”, ele me disse. “Era pegar ou largar, mas houve avanços notáveis e agora vamos nos casar”. Esse rapaz percebeu que amargura não resolvida pode arruinar um casamento. Provérbios 21.9 diz que “Melhor é morar no canto do eirado do que junto com a mulher rixosa na mesma casa”. Se a mulher que você está namorando está afundada em raiva e falta de perdão, a vida de vocês será arruinada por brigas, batidas de portas e drama sem fim. Insista em orarem juntos e buscarem aconselhamento com pessoas mais experientes na fé.

6. A controladora. O casamento é uma parceria meio a meio, e a única forma de funcionar é quando tanto o marido quanto a mulher se submete um ao outro nos termos de Efésios 5.21. Assim como alguns rapazes pensam que podem levar o casamento como se fosse uma ditadura, algumas mulheres tentam manipular as decisões para realizarem suas vontades. É por isso que o aconselhamento pré-marital é tão importante! Você não quer esperar até estarem casados por duas semanas para descobrir que sua esposa não confia em você e quer tomar todas as decisões sozinha. [N.doE.: Não sabemos o que o autor quis dizer com marido e mulher submeterem-se um ao outro. Se for a doutrina da submissão mútua que propõe papéis iguais para homens e mulheres no casamento, discordamos. Porém, pela fidelidade à tradução, mantivemos a frase]

7. A filhinha da mamãe. É normal que uma mulher recém-casada ligue para sua mãe em busca de aconselhamento e suporte. Não é normal que ela fale com a mãe cinco vezes por dia sobre cada detalhe do casamento, inclusive sobre a vida sexual. Isso é bizarro. Entretanto, tenho aconselhado rapazes cujas esposas permitem que suas mães (ou pais) tenham total controle de suas vidas. Gênesis 2.24 diz que o homem deve deixar seus pais e viver com sua esposa. Os pais devem observar de longe o casamento de seus filhos. Se sua namorada não busca cortar o cordão umbilical, prossiga com cautela.

8. A viciada. Muitas pessoas na igreja hoje em dia não foram discipuladas apropriadamente. Muitos ainda lutam contra todo tipo de vícios – álcool, drogas ilícitas, remédios controlados ou pornografia – seja porque não confrontamos esses pecados do púlpito ou porque oferecemos apoio compassivo o suficiente para quem passa por isso. Jesus pode libertar completamente alguém desses hábitos, mas você não quer esperar até estar casado para descobrir que sua esposa não consegue ficar sóbria. Vocês podem até se casar futuramente, mas não é sábio juntarem as trouxas até que tenham enfrentado de forma séria esse tipo de problema.

A melhor regra a seguir ao escolher uma esposa está em Provérbios 31.30: “Enganosa é a graça, e vã, a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa será louvada”. Olhe além das qualidades exteriores que o mundo diz serem importantes, e olhe para o coração.”

por: J.Lee Grady

Traduzido por Josaías Jr